Ajudamos Kratos a derrotar seus inimigos na BGS 2012


Finalmente. Após tanto tempo de espera, enfim os jogadores podem testar o já épico God of War: Ascension  que está sendo exibido na Brasil Game Show 2012. Há duas demonstrações disponíveis para os visitantes: a do modo multiplayer (já mostrada durante a EA 2012 em Los Angeles e analisada pelo Baixaki Jogos) e, pela primeira vez, a do modo single player.
Contudo, é importante antes de tudo observar que essa segunda DEMO é exatamente a mesma versão que foi jogada pelos criadores do título, durante a conferência da Sony no mesmo evento citado acima. Mas com a mão no controle é possível captar detalhes não percebidos antes, além de, obviamente, sentir por si mesmo toda a emoção do título. Confira o que achamos dele!
Estande do jogo era um dos mais cheios (Fonte da imagem: Reprodução/Baixaki Jogos)
Duas espadas não é o bastante!
A demonstração de God of War: Ascension começa em uma espécie de porto, com Kratos já tendo que lutar contra um grande número de inimigos. Logo de cara podemos testar uma das grandes inovações do game: é possível se apossar de qualquer arma que estiver jogada pelo cenário, bastando apertar R1 perto dela (de início, o Deus da Guerra tira uma gigante espada cravada em um corpo e para que você possa usar contra os oponentes).
Começa a batalha. Os controles, assim como toda a estrutura do sistema de batalha, não mudaram muito. Ainda é possível fazer combos insanos combinando ataques fracos, médios e fortes – e claro, o Rage Mode, no qual Kratos fica mais rápido e poderoso, não podia faltar. Mantendo L1 pressionado, tal habilidade é ativada, fazendo com que os golpes do protagonista fiquem ainda mais potentes.
(Fonte da imagem: Reprodução/Joystiq)
As finalizações também estão bem legais. Quando um inimigo estiver fraco, uma áurea vermelha aparecerá sobre sua cabeça. Apenas chegue perto dele, aperte R1, repita a sequência de botões que aparece na tela e veja Kratos arrancando chifres ou rasgando monstros em dois. Nem é preciso dizer que os índices de violência aumentaram ainda mais, não é?
Batalhas cada vez mais brutais
Dando continuidade, um monstro marítimo gigante arremessa um navio inteiro na direção do herói e acaba destruindo um elevador no processo. Neste momento testamos uma habilidade bem interessante. Posicionando Kratos em uma luz indicadora na cor verde, pudemos usar uma magia para reconstruir a estrutura destruída poucos segundos atrás. É possível ainda abandonar a reconstrução no meio do caminho, deixando seus pedaços flutuando no ar.
Diferente do que aparenta quando vemos os produtores de God of War: Ascension jogando, é preciso calcular o quanto você irá reconstruir o elevador, de forma que seja possível pular se segurando nos destroços e prosseguir no jogo.
Durante o restante da DEMO, enfrentamos mais hordas de monstros e um subchefe que utiliza um martelo de fogo. Vale observar que usando o mesmo sistema de pegar armas, foi possível utilizar uma lança e o próprio martelo do subchefe contra ele mesmo.
Demonstração traz batalhas fervorosas (Fonte da imagem: Reprodução/Baixaki Jogos)
Pulamos entre mais rochedos, quebramos caixas com itens de recuperação e finalmente chegamos ao chefe final: um gigantesco e assustador homem-elefante. Usando todas as habilidades de Kratos, enfim conseguimos finalizar o monstro, cortando sua cabeça ao meio e deixando seu cérebro a mostra.
Uma jornada e tanto!
No geral, a experiência da demonstração de God of War: Ascension é excelente. Embora o sistema de batalha seja muito semelhante aos outros títulos da série, o jogo está longe de parecer “mais do mesmo”, e não apenas por trazer novas habilidades e o sistema de pegar armas do cenário.
O game está bem mais brutal e tenso do que os anteriores. Os combos, as finalizações, e até mesmo o modo com que os inimigos lutam (temos a impressão de que a inteligência artificial foi melhorada bastante) conseguem envolver o jogador de um modo inédito na franquia. A ação e a empolgação são tantas que você simplesmente se esquece do mundo real à sua volta enquanto faz combos cada vez mais longos e intensos!
Gráficos e jogabilidade se mostraram maravilhosos (Fonte da imagem: Reprodução/Baixaki Jogos)
Os gráficos também estão muito bons, principalmente analisando as cut-scenes entre algumas partes da jogatina. Os efeitos sonoros também não decepcionam: há uma grande variedade de gritos e gemidos para quando os monstros levarem golpes e mais golpes de espada, assim como há para a voz de Kratos.
Sem dúvidas, God of War: Ascension é um dos títulos mais aguardados do PlayStation 3. O game está melhor do que nunca e merece ser jogado tanto por quem acompanha a série quanto por novos jogadores sedentos por muita ação e combates contra monstros gigantes.

0 comentários:

Postar um comentário